Como é um estágio em odontologia

Na execução de todas as profissões sabemos que a experiência tem um impacto muito grande e porque não começar com o estágio ainda durante a faculdade?

A odontologia não é diferente nesse sentido e seus estudantes podem pensar em dar o seu primeiro passo para ampliar seus conhecimentos profissionais e ter um grande aprendizado na maneira prática.

Sabemos que como estagiário você não irá por a mão na massa de verdade e muito menos se tornar o responsável pelo procedimento. Mas essa etapa é tão importante que as faculdades de odontologia já trazem em sua grade de horários os estágios obrigatórios.

Geralmente as instituições são conveniadas com o Sistema Único de Saúde (SUS), o que possibilita que os alunos examinem diversos pacientes e estejam em contato com diferentes problemas que podem afetar a saúde bucal.

Mas esta opção, estágio obrigatório, não é remunerada e a partir o quinto período o estudante pode optar por realizar atividades extracurriculares e nessa oportunidade o estagiário pode realizar procedimentos considerados básicos, como anestesias e restaurações, de maneira remunerada.

O Conselho Federal de Odontologia (CFO) se preocupa e por meio da Resolução CFO – 63/2005, atualizada em 2012, consolida as normas para a regulação e as responsabilidades na área de estágios de seus futuros profissionais.

Ter essa experiência será muito importante para a sua carreira, por isso, nossa recomendação é que escolha um espaço que possa te oferecer crescimento intelectual e profissional. Afinal… você está caminhando para a realização do seu sonho!

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse? Cadastre seu e-mail:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com