fbpx
Dicas-importantes-para-iniciar-sua-carreira-na-odontologia.

Receber o canudo, depois de 5 anos de estudos é uma das fases mais marcantes na vida de um dentista. Mas no dia seguinte sempre bate o nervosismo e uma frase paira na consciência do formando: E agora?

Preparamos este conteúdo para você recém-formado ou que está para se formar entender melhor como são os desafios do mercado de trabalho odontológico.

Esteja atualizado

Dentista se atualizando

Para estar bem no mercado de trabalho é preciso conhecer bem a profissão e estar atualizado com as notícias e novidades da área. Com a tecnologia os avanços estão sendo rápidos e diários, por isso, não perca tempo deixando para o próximo mês ou ano o seu desenvolvimento.

Sempre que possível procure aprimorar e aprender novas técnicas e se atualizar a respeito das novidades na área. Cursos de atualização, congressos, blog e vídeos de conteúdos odontológicos e de empreendedorismo são ótimos.

Mas não se esqueça da especialização. O universo odontológico é muito vasto e se contentar com o bacharelado, pode não te trazer crescimento profissional. Sem contar que se aprofundar naquilo que se gosta pode te gerar uma satisfação pessoal.

 

Seja comunicativo

Com os cursos, especializações e o bom relacionamento no dia-a-dia profissional você conseguirá um elemento importante para sua carreira profissional, inclusive quando se é recém-formado. O networking te auxilia na troca de experiência e conhecimento e com uma possível indicação dos seus serviços

Não se esqueça daqueles que se formaram com você. Seus colegas de época universitária também são dentistas e devem fazer parte desse grupo de contatos. Aliás são ótimas pessoas para se dividir as dificuldades do começo, já que em sua maioria estarão todos no mesmo momento.

 

Não se afobe

Muito do questionamento que apresentamos no começo do texto está na dúvida de abrir um consultório só seu ou fazer parcerias. Fique calmo, esta decisão faz parte do universo profissional do dentista independente do momento da carreira e não existe uma resposta certa.

Esta decisão é individual e deve ser baseada no autoconhecimento. Pense em suas skills e se elas se encaixam em ser também um administrador, pois, abrir o próprio consultório irá exigir um que seu perfil empreendedor e administrativo trabalhe junto com o odontologista.

Se você não tem ou não está pronto para lidar com essas habilidades a opção de trabalhar em clínicas já prontas de amigos e conhecidos na área é uma excelente saída. Mas você também pode pensar em opções como concurso público e auditoria em convênios.

 

O mais importante neste momento da vida profissional é ser forte e se manter firme naquilo que se acredita. Você foi capacitado para isso, acredite no seu potencial e siga de cabeça erguida, pois, AGORA é a sua hora.

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse ? Cadastre seu e-mail:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *