Entenda mais sobre a especialização em ortodontia

Mesmo com uma boa graduação, para se tornar um profissional renomado na área de atuação, que escolheu, além de horas de atuação e vivência, a especialização é muito importante para essa conquista.

28.590, ou 23% do total, é o número de ortodontistas cadastrados no CFO (Conselho Federal de Odontologia). A especialidade em ortodontia é considerada a especialização com maior duração e hoje falaremos um pouco mais sobre essa vertente da odontologia que com o auxílio de aparelhos pode colocar o sorriso no lugar!

Geralmente divididos em aulas teóricas e prática – onde acontecem os laboratórios e atendimentos clínicos – os cursos dessa especialização tem uma duração média de mais de dois anos, para que você saia pronto para diagnosticar, planejar e realizar o tratamento ortodôntico preventivo, interceptor e corretivo. Mas é importante que antes de realizar a matrícula, seja verificado se a instituição possui reconhecimento do conselho.

Para iniciar o curso de especialização é necessário ter concluído a graduação, algumas instituições também exigem uma prova de seleção, podendo ser por currículo ou prova teórica. Outras, apenas solicitam o pagamento da matrícula, além da documentação necessária.

Após a finalização do curso é necessário se regulamentar e conseguir a autorização de atuação pelo CFO. Com tudo isso pronto você já pode alinhar sorrisos, corrigir mordidas com a especialidade com mais proximidade e relacionamento com os pacientes.

 

Gostou do artigo e quer receber mais conteúdo como esse? Cadastre seu e-mail:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com